Você realmente gosta de avião? - Notícias - PRO FLIGHT - Escola de Aviação 


Notícias

Pilotos

01/09/2016

Você realmente gosta de avião?

Você realmente gosta de avião?

Como você responderia a essa pergunta? No setor aéreo existem quatro grupos de pessoas: os parlamentares, os donos de companhias aéreas, os apaixonados e os reguladores.

O primeiro grupo, o dos parlamentares, é aquele formado pelos senadores e pelos deputados federais. Será que eles gostam de avião? A aviação comercial brasileira precisa ser vista e tratada diferentemente de qualquer setor da economia nacional porque está diretamente ligada à soberania do nosso país. Há poucas décadas, não se cogitava que uma aeronave de companhia aérea estrangeira pousasse no Brasil sem que uma aeronave de companhia aérea brasileira pudesse fazer o mesmo no país interessado. Com a globalização e a democratização da aviação, onde a cada ano mais pessoas passam a voar, veio a moderna política do “open skyes” ou “céus abertos” onde está se discutindo a modernização da reciprocidade entre as operações comerciais internacionais das companhias aéreas. Então, para responder se o grupo dos parlamentares gosta de avião eu faço um convite a você leitor. Vá até o Aeroporto de Guarulhos ou do Galeão, dirija-se a uma das telas de chegada e de partida de voos e compare o número de companhias estrangeiras que chegam em relação ao número de companhias nacionais que partem. Essa é parte da responsabilidade que cabe à CERCBA - Comissão de Especialistas da Reforma do CBA, formada nesse ano de 2016 no Senado Federal para atualizar o Código Brasileiro de Aeronáutica.

O segundo grupo, o dos donos de companhias aéreas dentre os quais incluímos os investidores, vem mudando significativamente de comportamento nas últimas décadas. Gostaria de fazer aos CEOs a mesma pergunta que tenho feito a todos os gerentes das cias aéreas que posso: do que vocês gostam mais, de lucro ou de avião? Creio que todos nós que estamos na aviação há pelo menos 20 anos sintamos saudades de presidentes de companhia aérea apaixonados por elas tais como o velho Rubem Berta da VARIG, o incansável Paulo Sampaio da PANAIR DO BRASIL, o gigante Omar Fontana da TRANSBRASIL e por último, mas não menos importante, o inigualável Comandante Rolim da TAM. Será que, com o crescimento e as mudanças globais na aviação, os atuais CEOs têm essa mesma paixão por seus aviões?

O terceiro grupo, o dos apaixonados é o que me orgulha citar. Ah, os apaixonados... É esse grupo que de noite ou de dia, em terra ou a 40 mil pés de altitude, aos sábados, domingos e feriados dá seu show, sustentando com a sua paixão e energia pura qualquer eventual falta dos demais grupos aqui citados. É um contingente maravilhoso de pilotos, comissários, comissárias de voo e mecânicos de aeronave que nasce com a mais pura vocação e dedicação para atuar na terceira dimensão. São os esforçados alunos que tenho o privilégio de assistir debruçados sobre os livros buscando os resultados perfeitos que a nossa aviação exige. São eles, com o seu sonho de voar, que vão morar longe dos seus lares em busca de um ensino competente e que se esforçam financeiramente e abdicam de muitas coisas em busca da sua realização profissional. Gostaria verdadeiramente que os demais grupos aqui citados tivessem tempo e oportunidade de assistir de perto o dia a dia desse grupo que, a despeito de todas as dificuldades do setor, mantém a aviação comercial brasileira nos mais elevados patamares operacionais.

E vem então o quarto grupo, o dos reguladores, formado no passado pelos integrantes da Força Aérea Brasileira que atuavam no Departamento de Aviação Civil. Pelo seu amor à pátria sem sombra de dúvidas, essas eram pessoas que gostavam de avião. Mas e agora, com a consolidação da ANAC - Agência Nacional de Aviação Civil, 10 anos depois da sua criação? Qual é o sentimento desse competente quadro de profissionais concursados que são agora os nossos gestores? Todos nós, que gostamos de avião, acima de qualquer outra paixão ou interesse, esperamos que a motivação deles também seja a mesma, para bem do crescimento e da soberania da Aviação Comercial Brasileira.

Então o que esperamos para a próxima década? Que o grupo dos apaixonados não fique e nem se sinta sozinho; que parlamentares, donos de companhias aéreas e reguladores forneçam todas as condições para que o setor aéreo possa crescer com todo o seu potencial e capacitação, ocupando posição de destaque no cenário internacional.

Marcelo Penteado é Membro Honorário da Força Aérea Brasileira, Piloto Privado de Avião, membro do Smitsonian Museum em Washington EUA e Diretor-Geral da PRO FLIGHT Escola de Aviação Civil desde 2001.

Comentários



Página inicial | Voltar

Curriculum Cias Aéreas

Faça seu cadastro

Acesso aluno
Acesso cia aérea

 
Trabalhe na Pro Flight, envie seu CV

Escola Homologada ANAC

Escola amiga do ambiente

Contato

Endereço:
Avenida Brasil, 1664 - Guanabara
Campinas - SP

Central de atendimento:
019 3243.7777

©Copyright 2017 - Pro Flight Escola de Aviação Civil Ltda. Todos os direitos reservados.