Comissários PRO FLIGHT seqüestrados em pleno voo - Notícias - PRO FLIGHT - Escola de Aviação 


Notícias

Comissários de Voo

13/07/2010

Comissários PRO FLIGHT seqüestrados em pleno voo

Comissários PRO FLIGHT seqüestrados em pleno voo

Você se assustou ao ler essa manchete?! Calma, tudo não passou de um Exercício Simulado organizado pela INFRAERO no Aeroporto Internacional de Viracopos no dia 7 de julho de 2010.

Trata-se do ESAIA – Exercício Simulado de Apoderamento Ilícito de Aeronave (seqüestro) como parte dos protocolos que os países membros da OACI devem seguir anualmente.

O ESAIA aconteceu numa tarde de quarta-feira. Os passageiros haviam embarcado e os comissários preparavam-se para fechar as portas quando uma mulher aparentando uns 32 anos, armada com canivete e líquido inflamável saiu do toalete próximo ao cockpit rendendo a Comissária Carla Franceschini e declarando o seqüestro da aeronave. Simultaneamente, um homem aparentando cerca de 45 anos veio do fundo da aeronave armado, rendendo o Comissário Rodolfo Oliveira.

Os primeiros minutos da ação dos seqüestradores foram marcados por absoluto nervosismo, gritos, manifestações de stress de passageiros descontrolados e “agressões físicas”. Todas as janelas foram baixadas e nenhum veículo poderia se aproximar da aeronave. Os seqüestradores exigiam a soltura de dois bandidos lotados na Penitenciária de Sorocaba seguida da entrega dos mesmos através de um helicóptero ao lado do avião seqüestrado. A aeronave seria então reabastecida e prosseguiria o voo com os reféns abordo.

Coube a um delegado do Comando de Operações Táticas da Polícia Federal fazer a intermediação e negociação com os seqüestradores. Tudo monitorado pelo sistema de câmeras da INFRAERO através da Sala de Gerenciamento de Crise. Decorridas cerca de 1 hora e dez minutos do início do seqüestro, um ataque de descontrole nervoso de uma passageira fez com que um dos seqüestradores atirasse na vítima e a jogasse pela escada da aeronave.

Logo após esse lamentável fato, o seqüestrador-chefe, representado pelo Gerente de Segurança de Viracopos, anunciou o fim do Exercício explicando que a partir daí, o próximo passo seria a invasão da aeronave pela Polícia Federal.

Para todos os participantes do exercício, quer como comissários de voo, quer como passageiros, ficou a experiência única de sentir a adrenalina subindo e a difícil tarefa de se controlar diante das inúmeras ameaças e gritos dos seqüestradores, que afirmavam inclusive que queimariam um dos passageiros se as exigências não fossem cumpridas. Houve um instante inclusive onde um de nós poderia ter escapado pela porta dianteira da aeronave e corrido em direção à ajuda; fato que não aconteceu ao constatarmos que aparentemente não havia nenhuma viatura da INFRAERO ou da Polícia Federal do lado de fora da Aeronave.

Gostaríamos de finalizar essa matéria agradecendo à Gerência de Segurança do Aeroporto Internacional de Viracopos pelo convite feito à PRO FLIGHT para participar desse importante Exercício, cujo protocolo inclusive faz parte dos assuntos estudados durante o curso de comissário de voo.

Comentários



Página inicial | Voltar

Curriculum Cias Aéreas

Faça seu cadastro

Acesso aluno
Acesso cia aérea

 
Trabalhe na Pro Flight, envie seu CV

Escola Homologada ANAC

Escola amiga do ambiente

Contato

Endereço:
Avenida Brasil, 1664 - Guanabara
Campinas - SP

Central de atendimento:
019 3243.7777

©Copyright 2017 - Pro Flight Escola de Aviação Civil Ltda. Todos os direitos reservados.